Notebook ideal para uso pessoal [A escolha perfeita em 5 passos]

Talvez você já tenha passado por essa aflição. Com tantas opções de marcas e modelos no mercado, como escolher o notebook ideal para uso pessoal afinal?

notebook ideal para uso pessoal

Essas dificuldades de escolha é natural até mesmo para quem é da área técnica, imagina para quem quer apenas fazer uso do equipamento. Por isso, quero apresentar 5 passos para que você possa escolher o melhor notebook para uso pessoal.

Como são muitos detalhes técnicos e configurações diversas de memória, HD, monitor, bateria, etc., quero simplificar e falar uma língua entendível para quem não está assim tão familiarizado com questões técnicas de informática. Então, se você quer apenas saber escolher qual melhor notebook para comprar, você está no lugar certo.

Recomendo a leitura: as 10 melhores marcas de notebook.

O principal objetivo com o uso do notebook

principal objetivo uso do notebook

Quais as principais tarefas que fará com o uso do notebook? Essa informação é crucial para uma boa escolha e principalmente para não jogar dinheiro fora. Pense bem nesse ponto, pois é a base para escolher o notebook ideal para uso pessoal.

Sem definir esses principais trabalhos, você corre o risco do equipamento não atender as suas necessidades ou você também pode gastar demais sem ter sido necessário. Geralmente o notebook é usado por uma dessas razões:

Escritório / Estudo: documentos de texto, planilhas eletrônicas e outras atividades profissionais ou acadêmicas nesse contexto.

Internet: usado para navegar na internet, assistir vídeos e navegar nas redes sociais.

Jogos: além de fazer uso das funções anteriores, é usado para jogar games que exigem uma qualidade gráfica superior ao convencional.

Produção: usado como estação de trabalho para edição/gravação de áudio/vídeo ou edição de imagens.

Você não precisa se limitar ao uso do equipamento, mas essas englobam a maioria das razões pelas quais as pessoas fazem uso dos notebooks. Quando estamos falando de PC (Computador Pessoal ou Desktop) é muito mais simples personalizar os seus componentes mesmo depois de comprado, mas com notebooks é um pouco mais complicado. Por isso reafirmo: para escolher o notebook ideal para uso pessoal atente-se para as principais tarefas que fará com ele.

Se você for usar o notebook para uso doméstico ou para uso no trabalho o cuidado e os passos a seguir são os mesmos. Eu gosto muito de fazer checklists para poder dar prioridades às coisas mais importantes. Se não for incômodo para você, recomendo que faça também. É muito mais fácil depois avaliar o que é mais importante na hora da compra e não cair nas “armadilhas” dos vendedores.

Não vou entrar nas configurações essenciais para quem vai utilizá-lo para jogos (por enquanto). Mais saiba que exige-se muito mais do equipamento e a qualidade deve ser bem acima dos equipamentos convencionais. O preço para adquirir uma boa estação para jogos também é bastante expressivo. Vamos nos concentrar na melhor escolha de notebook para uso pessoal.

5 passos para escolher o notebook ideal para uso pessoal

Diante do que já foi apresentado e a relevância do quão importante é saber os principais objetivos do notebook, o próximo passo é definir os principais componentes do notebook.

Com esses 5 passos simples você vai fazer a escolha do notebook ideal para uso pessoal e trabalho. Acompanhe:

#1 Formato e tamanho da tela

tamanho tela notebook

Notebooks têm de vários formatos e tamanhos. Para não ser pego(a) de surpresa, geralmente você os encontra em 3 formatos:

Notebooks grandes (a partir de 17”): esses notebooks realmente são grandes e não são nada portáteis. São pesados e com preços altos. Geralmente é usado por profissionais de produção (edição de imagens, áudio e vídeo) ou por programadores.

Notebooks de tamanho médio (13” – 16”): já o tamanho desses notebooks é o ideal para uso pessoal, mesmo que seja para trabalho. São tão potentes quanto os demais e são bem mais portáteis que os de 17 polegadas ou acima. Pesam menos e possui vários recursos essenciais como portas USB, entradas HDMI, entrada de cartão de memória, unidade de CD/DVD, etc.

Ultrabooks (normalmente 14” ou menores): custam um pouco mais que os notebooks de tamanho médio, porém a portabilidade e a leveza do equipamento é superior. A bateria do ultrabook demora bem mais para descarregar e também é uma máquina poderosa. Se você não depende da unidade de CD/DVD (ultrabooks geralmente não vem com entrada de CD/DVD) e puder pagar um pouquinho mais, vale a pena.

Ainda teria os pequenos notebooks e netbooks, mas esses possuem menos recursos e têm baixa potência. Não recomendo.

As principais escolhas para um notebook ideal para uso pessoal estão entre notebooks de tamanho médio ou ultrabooks. Confesso que os ultrabooks, apesar de custar um pouquinho a mais, seria a minha escolha. Mais como dito bem antes, avalie suas reais necessidades e condições financeiras.

#2 Durabilidade

durabilidade notebook

Muitos notebooks são fabricados mantendo a qualidade: forte, durável, fácil de abrir e fechar… Alguns, porém, são construídos com plástico barato, frágil ao ponto de parecer que vai quebrar a qualquer instante. Obviamente você não quer ter essa sensação ruim.

Se você for comprar o seu notebook pela internet não deixe de observar os comentários de outros compradores. Analise atentamente cada opinião antes de finalizar o pedido. Agora se você puder (até mesmo se preferir comprar pela internet), vá até uma loja pessoalmente e conheça os modelos de equipamentos que se encaixam nas suas necessidades.

Verifique as dobradiças para ver se abrem e fecham sem problemas. Avalie com bastante atenção o trackpad (o mouse “esteira” do notebook) e o teclado, pois esses precisam durar bastante e são os mais utilizados. Veja se seus dedos deslizam facilmente nele e se o teclado está no padrão em português do Brasil (com cedilha e principais acentos) e se o tamanho dele é confortável para as suas mãos.

Experimente tudo que possível: botão liga/desliga, teclas de controle, backspace…

#3 Especificações técnicas

especificações técnicas comprar notebook

A maioria das pessoas caem aqui primeiro e esquecem os outros detalhes. Pedir um notebook com 4 gigas, HD de 500 gigas, entre outros é o que vem na cabeça de muitos. Se estamos buscando o notebook ideal para uso pessoal não podemos ignorar os demais detalhes. É preciso se atentar à qualidade do teclado, trackpad, fabricação, etc.

Os processadores (parte importante que você deve observar) são atualizados rapidamente e dão cada vez mais poder aos notebooks para uso pessoal. Um outro ponto bastante importante é o HD (Disco Rígido). É aqui onde você salva seus arquivos. Graças a evolução tecnológica está cada vez mais barato e mais fácil adquirir equipamentos com grande espaço para armazenamento.

As memórias também são de extrema relevância. São responsáveis por armazenar dados temporariamente de vários programas ao mesmo tempo (memória RAM). No geral, de forma bem simplória, quanto mais memória RAM você tiver no seu notebook, mais rápido ele será. Se você não for trabalhar com edição ou recursos extremos, acredito que no máximo 8 gigas de memória é o suficiente. A maioria com 4 gigas já é suficiente. (Não adianta ter muita memória RAM se o processador não for capaz de processar os dados com mais eficácia. Rapidez e potência depende do conjunto e não apenas da memória).

Poderia citar aqui a importância de uma memória específica para vídeo. 2 gigas de memória exclusiva para vídeos seria bem interessante. Com certeza se encaixaria no conceito de o melhor notebook para uso doméstico.

#4 Vida útil da bateria

vida útil bateria

Não é fácil mensurar o tempo de vida útil da bateria, infelizmente. A melhor maneira de avaliar esse ponto é observar as estimativas dos fabricantes e depois confrontar com a opinião de quem comprou. Essas reivindicações são importantes para atestar o que os fornecedores prometem.

Felizmente, as novas gerações de processadores estão aumentando o tempo de vida útil das baterias. A escolha do processador é essencial para manter uma certa qualidade. Eu prefiro processadores da marca Intel, mas fique a vontade quanto aos processadores da marca AMD. Esses equipamentos mais novos já vêm com essas características de preservação maior das baterias.

#5 USB e demais portas

portas usb notebook

Notebooks por padrão têm menos portas USBs que os tradicionais computadores desktops, mas isso não deve ser problema, basta apenas colocar um extensor de portas se necessário. Mais é bom pensar em quantas portas USBs você precisa. Nem sempre é legal ficar comprando recursos adicionais e levando na bolsa.

Outras entradas que também são importantes (dependendo da sua necessidade de uso) são os slots para cartão de memória. Aqueles cartões SDs usados pelas câmeras fotográficas e cartões de smartphones. Como transferir os arquivos mais rapidamente sem essas entradas no seu novo notebook?

Saída de vídeo VGA e HDMI também é bom ficar atento. Aconteceu comigo de ir ministrar uma aula e chegando lá, o datashow só tinha entrada VGA e meu notebook só tinha saída HDMI. Não foi possível fazer uso dos arquivos de mídia diretamente do meu notebook, mas prevenido que sou, fiz algumas cópias e usei um outro equipamento que tinha o VGA. Você precisa se atentar a isso, pois nem sempre há um final feliz :)

A velocidade das portas USBs são super importantes. Quanto melhor for a geração (geração USB 3.0, por exemplo), mais rápido a transferência dos arquivos. Entrada para cabo ethernet (cabo de rede para internet) e Wi-Fi pouco provável que esses recursos não venham no equipamento, então fique tranquilo(a). Unidade de CD/DVD em ultrabooks não vem de fábrica, se for importante para você, observe esse detalhe (pode ser colocado adicionalmente o recurso).

Considerações importantes antes de comprar um notebook

garantia compra notebook perfeito

Apesar de não enumerado, esses detalhes são tão importantes quanto os demais itens citados anteriormente:

Qualidade da tela: verifique a resolução (quanto maior, melhor).  As cores devem ser vibrantes e o monitor deve ter uma ampla variedade de configurações de brilho. É muito fácil de perceber quando próximos de notebooks “mais baratos”.

Aquecimento: notebooks podem esquentar bastante, principalmente quando mantém ele no seu colo. Uma boa maneira de avaliá-lo é ler os comentários (além de experimentá-lo, se possível). Certifique de que o notebook ideal para uso pessoal que você tem interesse tenha pés de borracha na parte inferior para dá espaço a fuga do calor (quando em uma mesa ou superfície plana) e que tenha uma boa colocação de ventilador (cooler) para que o fluxo de ar possa mantê-lo em uma temperatura segura.

Webcam: se você está pensando em conversas com amigos e familiares através de vídeo, certifique de que o notebook tenha uma webcam embutida. Parece que todos os notebooks já vêm com webcams embutidas, mas não é verdade. Atente-se a isso! A qualidade padrão é suficiente para esses casos, mas se precisar de algo ainda melhor, é possível comprar separadamente.

Trava de segurança: para quem faz uso do notebook em faculdade, por exemplo, é essencial analisar se esse novo equipamento tem um “pequeno buraco” para travá-lo junto à mesa. Esse “dispositivo de segurança” ajuda a diminuir as chances de roubo. Em recepções ou em repartições públicas são mais prováveis de visualizar esse tipo de proteção. Em alguns casos, quando estou em sala de aula, faço uso dessa trava para sair no intervalo, tomar um café, bater um papo na secretaria.

Possibilidade de upgrade: realmente a maioria dos notebooks não permitem muita coisa. Em alguns casos, aumentar a memória RAM, trocar o HD (Disco Rígido) e pouco mais que isso. Na sua pesquisa, faça um comparativo do que pode e o que não dá para fazer. Essas atualizações são essenciais para não deixar o seu equipamento obsoleto e ter que trocá-lo depois de poucos anos. Não se esqueça: tudo vai depender da finalidade de uso do equipamento. Um notebook ideal para uso pessoal não exige tanta preocupação com upgrade assim.

Garantia: analise atentamente a garantia do fabricante. Uma garantia de 90 dias não é ideal e nem um pouco aceitável. Veja o que está previsto (aquelas letrinhas miúdas) e o que realmente essa garantia cobre. Se você é mais propenso(a) a acidentes, estude a possibilidade de escolher uma garantia estendida.

Como pode perceber, apesar de simples, são muitos detalhes que as vezes confundem até mesmo os mais familiarizados com tecnologia. Leve essa listinha na próxima compra que com certeza você fará a compra do melhor notebook da atualidade (aquele que realmente atende as suas necessidades).

E não adianta ter um notebook perfeito para uso pessoal sem ter os programas essenciais para usufruir de todos os recursos. Recomendo a leitura dos programas essenciais que não devem faltar no seu computador.

sugestão notebook perfeito

Sugestão I – menor investimento, porém uma boa máquina:

Monitor: 14” (maior resolução possível de tela); Processador: Intel Core i3 ou similar (última geração); HD (Disco Rígido): 500 Gigas; Memória RAM: 2 Gigas; USB e portas de entrada: 3 entradas USBs, HDMI e unidade de CD/DVD (opcional).

Sugestão II – investimento médio e a máquina mais potente que a anterior:

Monitor: 15” (maior resolução possível de tela); Processador: Intel Core i5 ou similar (última geração); HD (Disco Rígido): 500 Gigas; Memória RAM: 4 Gigas; Memória de vídeo dedicada: 2 gigas; USB e portas de entrada: 3 entradas USBs ou mais, HDMI, entrada de cartão SD e unidade de CD/DVD (opcional).

Sugestão III – maior investimento e a máquina potente:

Monitor: 15” (maior resolução possível de tela); Processador: Intel Core i7 ou similar (última geração); HD (Disco Rígido): 1 Tera; Memória RAM: 8 Gigas; Memória de vídeo dedicada: 2 gigas ou mais; USB e portas de entrada: 3 entradas USBs ou mais, HDMI, entrada de cartão SD e unidade de CD/DVD (opcional).

Essas são apenas sugestões e correspondem a realidade do nosso contexto (notebook ideal para uso pessoal). Com certeza temos opções acima e abaixo dessa apresentada, processadores diferentes (marca AMD, por exemplo), etc. Com base nessas sugestões você consegue avaliar as opções de mercado e equiparar com as suas reais necessidades. O ideal é você não gastar além do necessário e nem abaixo também. Pode também combinar uma sugestão com outra (monitor de 14″, processador i5 ou similar com memória ram de 4 gigas, hd de 1 tera…).

Não pode esquecer nesse investimento uma possível necessidade de aprimorar os recursos (upgrade). Não escolha o equipamento no limite de suas necessidades, pois você pode “evoluir” e seu equipamento precisa lhe acompanhar. Então, sempre deixe uma “sobrinha” na qualidade do que você precisa para evitar que o notebook fique obsoleto muito rápido.

Um outro ponto que não tem nada a ver com hardware (parte física do notebook), mas é extremamente relevante é o sistema operacional. Equipamentos já estão vindo com processadores 64bits (capacidade maior de processamento dos dados) e o sistema operacional precisa se igualar à essa capacidade, senão você não terá a melhor experiência possível com seu equipamento. Saiba mais sobre a diferença entre processadores 64bits x 32bits clicando aqui.

Certifique-se que o processador do seu novo notebook seja de 64bits e o sistema operacional (Windows, por exemplo) também de 64bits para conseguir a melhor performance do seu notebook.

Dicas de como comprar o notebook perfeito

Pesquisar

pesquisar opinião antes de compra notebook

Não se deixe levar pela quantidade de maravilhas que o vendedor diz que o notebook tem. Faça a sua lição de casa e pesquise antes tudo o que realmente é necessário e mantenha-se firme. A tentação é grande, mas para escolher o notebook ideal para uso pessoal tem que sobreviver a essas tentações.

Recomendo a leitura de como analisar cotações com mapa comparativo e reduzir custos com compras.

Certifique-se de pesquisar bastante na internet comentários de pessoas que já compraram o equipamento que você pretende adquirir. Com certeza representantes de vendas não vão considerar as desvantagens dos equipamentos ofertados, mas como você está atento(a), saberá muito bem o que será bom ou não.

Testar antes da compra

testar notebook antes de comprar

Encontre uma maneira de testar o notebook antes de comprá-lo mesmo se a sua compra for pela internet. Visite uma loja na sua cidade que tenha um produto igual (ou semelhante) e veja se condiz com o que pesquisou anteriormente.

Pergunte nas redes sociais quem tem aquele determinado produto e o que achou dele.

Verificar as condições de garantia

comprar notebook com garantia

Realmente é importante você se atentar à garantia. Não pense que só acontece com os outros que você pode se arrepender. Já aconteceu comigo quando estava cursando meu bacharelado e foi muito frustrante.

Certifique-se que a garantia é do fabricante. Se está mais propenso(a) a acidentes, analise a possibilidade de adicionar uma garantia estendida para diminuir os riscos de perda. Garantia de até 90 dias para esse tipo de equipamento eu não recomendo. Cuidado para que os produtos sejam realmente novos.

Riscos de comprar notebook recondicionado

riscos notebook recondicionado

Notebooks recondicionados (pequenos reparos) ou até mesmo remanufaturados (pequenos reparos pelo próprio fabricante) apesar de mais baratos, o seu tempo de vida útil também é menor. Não está associado a apenas a aparência envelhecida do equipamento (que nem sempre percebe-se), mas na redução significativa do desempenho do notebook.

Dê preferência aos equipamentos novos e fique atento à garantia de pelo menos 1 ano.

Melhor notebook custo x benefício

melhor notebook custo x benefício

Como tenho dito, o notebook precisa atender as suas necessidades. Não adianta você ter o notebook mais caro do mundo e não ter com o que gastar toda essa potência. Imagine você usar o notebook apenas para acessar a internet, suas redes sociais, assistir filmes e de vez em quando digitar algum texto no seu editor preferido? Quanto desperdício de dinheiro não seria ter um equipamento tão potente e deixá-lo ocioso na sua maior parte do tempo.

O ideal é que se pague um valor justo para o que realmente você precisa dele. Pense na sugestão de checklist que eu disse lá no início. Você vai ter o notebook ideal para uso pessoal e seus benefícios serão percebidos sem ter pagado nada além do que deveria.

É melhor notebook ou pc?

qual é melhor notebook ou computador

Acredito que não seja apenas eu que fique com essa dúvida às vezes. Nas minhas primeiras compras, sempre ficava com essa sensação de qual é melhor. Para comparar notebook x computador, analise as vantagens e desvantagens de um notebook.

Vantagens de um notebook

Um notebook é portátil: essa talvez seja a maior razão pela compra de um notebook. Poder levá-lo a qualquer lugar. E estão ficando cada vez mais potentes, leves e finos com a chegada dos ultrabooks.

Realiza as mesmas tarefas que um pc pode fazer: como estão cada vez mais semelhantes em termos de capacidade de processamento e etc., são preferíveis por dá uma mobilidade maior e novamente não sacrificar a portabilidade.

Não exige muito espaço físico: com um computador pessoal (PC), mantê-lo em um espaço é reservar parte do seu imóvel (sala de escritório ou residência) com CPU (que na verdade o nome apropriado é gabinete), teclado, mouse, monitor externo… Com um notebook apenas um pequeno espaço é necessário para mantê-lo. Não afeta visualmente a decoração do espaço (para os mais caprichosos).

Desvantagens de um notebook

Como nem tudo são flores, vale a pena considerarmos algumas das desvantagens do notebook sobre o pc:

Bateria: apesar dos avanços com os ultrabooks e as gerações mais novas de processadores, a bateria ainda é limitada. Apesar dos avanços consideráveis, é sempre bom manter o carregador por perto.

Pode ser roubado mais facilmente: por ser portátil e bem mais leve que os PCs, obviamente são bem mais fáceis de serem roubados ou perdidos. Geralmente há uma trava de segurança que ajuda em alguns casos e dependendo de onde for mantê-lo é bom considerá-lo.

Upgrade: não dá para fazer upgrades tão facilmente como os PCs. São mais propícios a ficarem obsoletos. HD (disco rígido), memória ram e mais alguns poucos detalhes podem ser substituídos, mas não se compara com o poder de customizar um PC (e seu preço bem mais barato também).

Aquecimento: esquentam muito rapidamente e precisa de um certo cuidado para evitar danos ao equipamento. Desktops (ou pc, como preferir) também esquentam, mas o seu processo de refrigeração é mais eficaz devido às várias opções.

Preço e customização: montar um ótimo PC é bem mais barato que comprar um bom notebook. Geralmente os notebooks são montados de fábrica e seus preços são praticados por esses gigantes. Enquanto os computadores podem ser customizados comprando peça por peça de diversos fabricantes diferentes.

Espero que com esses 5 passos de como comprar o notebook ideal você consiga escolher melhor o seu novo equipamento e que não jogue mais dinheiro fora por falta de conhecimento. Não esqueça de que para escolher o notebook ideal para uso pessoal você precisa estar “vacinado(a)” com as ofertas tentadoras de recursos que não são necessários para você.

Na dúvida, deixe sua pergunta que procuro responder o mais breve possível.

Gostou? Compartilhe nas redes sociais e ajude outras pessoas que têm as mesmas dificuldades de escolher o notebook ideal para uso pessoal ou para o trabalho.

Márcio França Lima

Márcio França Lima

Márcio França Lima é Analista de Sistemas por formação, Consultor por paixão, Professor por opção e resolvedor de problemas por necessidade de mercado.

Website: http://www.marciofrancalima.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *